Home / Blog / Balança Comercial: superávit recorde de US$ 29 bilhões de janeiro a maio

Balança Comercial: superávit recorde de US$ 29 bilhões de janeiro a maio

  • Balança Comercial: superávit recorde de US$ 29 bilhões de janeiro a maio

    Com exportações de US$ 19,792 bilhões e importações de US$ 12,131 bilhões, maio teve o maior superávit mensal já registrado: US$ 7,661 bilhões. Em relação a maio de 2016 (US$ 6,433 bilhões) o saldo positivo apresentou um crescimento de 19%. Os números foram divulgados hoje pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

    Durante a entrevista coletiva para comentar os dados mensais, o diretor do Departamento de Estatística e Apoio à Exportação do MDIC, Herlon Brandão, atribuiu o resultado ao crescimento tanto das exportações quanto das importações, no mês. Na avaliação de Brandão, “é um resultado bastante significativo e reforça o bom desempenho que a balança comercial vem apresentando ao longo do ano”, disse.

    Em relação a maio de 2016, pela média diária, as exportações apresentam crescimento de 7,5%. Na comparação com abril de 2017, houve retração de 8,4%. Nas importações, em relação à média diária de maio do ano passado, houve aumento de 4%. Já na comparação com abril último, também pela média diária, houve queda de 7,4%.

    De janeiro a maio de 2017, as exportações já somam US$ 87,932 bilhões, o que representa crescimento de 18,5% sobre o mesmo período de 2016, pela média diária. Nas importações (US$ 58,9 bilhões) houve aumento de 8,4%, no mesmo comparativo. A corrente de comércio alcançou US$ 146,832 bilhões, um aumento de 14,2% sobre o mesmo período anterior, também pela média diária.

    Nos cinco meses, o saldo comercial supera os US$ 29 bilhões, valor 47,5% acima do alcançado no mesmo período de 2016 (US$ 19,682 bilhões). O superávit do período também é recorde histórico. Com esse resultado, de acordo com Brandão, o MDIC mantém a previsão de saldo superior a US$ 55 bilhões para o ano.

    Brandão destacou o impacto positivo do índice de preços, no período, sobre os produtos brasileiros exportados: 19,7%. Nessa análise, foram observadas altas nos preços de produtos como minério de ferro (94,1%), petróleo (68%), soja (8%), veículos de carga (5%) e automóveis (1,8%). Já o índice quantum, que mede o desempenho dos volumes exportados, retraiu 0,8%. “Primeiramente, é importante destacar que este é um excelente resultado da balança comercial. E essa pequena retração do índice quantum foi impactada pelos embarques de milho, que foram 78,6% menor que o verificado nos cinco primeiros meses de 2016, por conta de quebra da safra brasileira do grão”, disse.

    Assessoria de Comunicação Social do MDIC

    Texto: Export News

MENU

Ligue para a gente

+55 47 2103-0250

Nós ligamos para você

Deixe o seu telefone abaixo que ligaremos para você:

Assine a newsletter

Preencha seu e-mail abaixo